terça-feira, 11 de março de 2003

A título de esclarecimento, retirei da excelente página Nossa Língua Portuguesa, do Prof. Pasquale, o trecho abaixo:



"Última flor do Lácio, inculta e bela", escreveu Olavo Bilac em seu memorável poema "Língua Portuguesa", de 1914. O Lácio em questão é o nome português da região da Itália em que fica Roma, berço do Império Romano e do latim. A "última flor do Lácio" é a língua portuguesa, a filha caçula do latim, na visão de Bilac.

Nenhum comentário: