sábado, 19 de maio de 2012

GUERRA E PAZ - TOMO I


Encerrei, a pouco, a leitura do primeiro tomo (um de quatro) da obra-prima de Tolstoi: Guerra e Paz. O mínimo que posso dizer das impressões que colhi deste primeiro quarto de leitura é que a obra é comovente e arrebatadora. Foram 610 páginas de amores candentes e batalhas sangrentas - que ainda nem acenam o seu término. Isso tudo entremeado com cotidianas reuniões aristocráticas onde não se fala senão de paixões e guerras. De quebra, um pano de fundo fantástico: a ocupação da Rússia pelo exército napoleônico no alvorecer do século XIX. Um primor! Dou início, ávido, à leitura do segundo tomo.

Um comentário:

patty disse...

Li há mais de 10 anos. Preciso reler.