domingo, 21 de novembro de 2010

AFORISMO

Vou vivendo e dando-me conta da minha própria finitude.

Nenhum comentário: